8 mitos de beleza que você precisa conhecer

A internet pode ser um lugar incrível, mas também abriga muitos mitos. Por exemplo, se você pesquisar sobre alguma dor, provavelmente vai se deparar com a palavra câncer em algum momento.

Existem alguns mitos que simplesmente continuam a se espalhar, mesmo que a falta de fundamento seja notória.

Desmentimos oito dos mitos de beleza que mais persistem na Internet.

1.  “Usar pasta de dentes na acne vai fazer ela desaparecer”

Usar pasta de dentes na acne, além de não fazer ela desaparecer, pode ainda piorar a sua inflamação, podendo inclusive deixar manchas e cicatrizes. Muitas pessoas acreditam que a substância triclosan, presente nas pastas de dentes, diminuiria a acne pela sua ação anti-bacteriana. O problema é que esta substância não está num produto cosmético devidamente formulado para aplicar no rosto, mas sim nos dentes.

Depilação com lâmina

2. “Depilar com lâmina deixa os pelos mais grossos”

Um fio de cabelo ou pelo humano é como um lápis que fica afiado no seu final. Assim, quando uma lâmina corta a sua ponta, pode parecer que o restante pelo fica mais espesso e grosso mas cortar não vai mudar em nada o seu processo de contínuo crescimento.

O que acontece é que quando se corta o pelo com uma lâmina, a ponta (que é mais fina) é retirada e quando volta a nascer, o que fica à superfície (e nos parece mais grosso) é o resto do folículo mas sem a ponta.

Como a lâmina, corta o pelo na superfície e não pela raiz, o que faz com que o pelo reapareça mais cedo (porque o folículo continua a crescer ao contrário de quando o arrancamos pela raiz em que ele tem de nascer de novo).

3. “Quanto mais cedo eu fizer preenchimento e botox, menos rugas vou ter com a idade”

Vamos sempre ter rugas! A partir dos 20 anos, perdemos 1% de colágeno a cada ano que passa. Mas o que pouca gente sabe é que perdemos 6% do ácido hialurônico da pele a cada 10 anos de vida. 

Os preenchimentos fazem uma correção mecânica extraordinária, pois colocam volume onde ele começa a deixar de existir e ajudam para que as rugas não se vinquem de forma tão acentuada. Não vale a pena começar a usar este tipo de tratamentos cedo com a ideia de prevenir aquilo que é natural no ser humano — o envelhecimento. Deve ser usado como correção nos momentos certos para um envelhecer mais saudável e não como prevenção.

4. “Tudo o que é natural é bom”

“É como se, por ser natural, tivesse uma bondade intrínseca. Um produto natural é bom porque é natural e um produto químico é mau porque é químico”, diz David Marçal, bioquímico, na sua palestra na TEDxPorto.

Se uma pessoa se virar contra o que é natural, é como se fosse contra a natureza. E a natureza é boa, certo? O pôr do sol é mágico. Mas o sol é um cancerígeno de nível 1.

O que se pode retirar daqui é que nem tudo o que é natural é bom e muitos dos produtos que se assumem como naturais não têm sequer explícitos os seus ingredientes. Antes de comprar um produto só porque diz que é natural em letras grandes, informe-se bem.

Pessoa arrancando cabelo branco

6. “Se arrancamos um cabelo branco muitos outros vão nascer no lugar”

Não só não nascem mais, como pode mesmo não nascer mais nenhum. E isso também não é bom, explica o bioquímico de cosmética Randy Schueller no livro It’s OK to Have Lead in Your Lipstick, que desmistifica mitos da beleza. 

O folículo ainda está vivo e vai produzir outro cabelo para substituir aquele que foi retirado. E o cabelo substituto vai continuar a ser branco. Ainda assim, essa não é a melhor solução. Schueller diz que arrancar constantemente cabelos brancos pode danificar os folículos ao ponto deles não produzirem mais fios de cabelo. O que é melhor? Cabelos brancos ou falhas no couro cabeludo?

7. “Os cremes anti-idade ou anti-rugas conseguem eliminar as rugas que já temos”

Nenhum cosmético de aplicar em casa vai “apagar” as rugas que já temos. As rugas fazem parte do processo de envelhecimento da pele, por dentro e por fora. No entanto, há produtos cosméticos muito bem formulados, com princípios ativos realmente inovadores e que conseguem retardar o envelhecimento cutâneo.

Mulheres cuidando da pele

8. “A pele habitua-se aos cremes e eles deixam de fazer efeito”

Quando a pele atinge um certo patamar visível, nos esquecemos como ela era antes de usarmos esse produto. Alguns produtos vão proporcionar resultados rápidos, a pele vai ficar com uma aparência mais uniforme e vão haver menos resultados ao longo do tempo. É simplesmente uma situação de perceção em que aquilo que a pessoa vê agora é o novo normal.

Fonte: R7.